Venha participar do nosso evento.

Evento gratuito!

Blog

Mindful parenting

A Be.Living realizou, dentro do programa Connections, uma atividade com os pais para que eles pudessem conhecer melhor o que é Mindfulness, prática ensinada na escola neste ano para professores e alunos do Fundamental I.

No ambiente educacional, a prática de mindfulness melhora a capacidade de foco, aumenta o equilíbrio emocional, a participação em classe e o cuidado consigo e com os outros. O evento teve como objetivo estender aos pais a possibilidade de entender e aprender algumas destas práticas em um encontro de duas horas que trouxe à tona uma reflexão sobre Mindful parenting.

Mindful parenting pode ser entendido como uma forma de exercer a maternidade e a paternidade com atenção e presença plenas no momento vivido. É ter a calma e a presença para agir conscientemente com nossos filhos. Afinal, quando se idealiza uma família, cada um tem a intenção de ensinar e compartilhar seus valores e o que tem de melhor com os filhos.

A “teoria”, entretanto, nem sempre se reflete na prática.  Nem sempre a maneira como gostaríamos de agir com nossos filhos é a maneira como agimos de fato. Isso porque há muitos fatores estressores no ambiente, muitas informações que nos distraem do momento presente e nos levam a agir sem estarmos conectados e com a atenção plena no ato de educar e formar.

Os estressores

A neurociência explica que o estresse foi não só benéfico como fundamental para trazer nossa espécie até os dias de hoje. Primitivamente, antes de sabermos manipular o fogo e outros instrumentos, o ser humano precisava estar sempre atento aos perigos, para que pudesse se desvencilhar deles. Por isso, sempre que nos deparamos com um perigo, entramos em estado de estresse. Nosso corpo secreta hormônios neurotransmissores como a adrenalina, que prepara o corpo para atividades intensas. A adrenalina é responsável por conseguirmos reagir e fugir dos perigos, acelerando o fluxo sanguíneo e os batimentos cardíacos.

Entretanto, se no início havia altos picos de adrenalina e, depois, longos momentos de descanso – que serviam para que nosso corpo se recuperasse, fisicamente, dessa descarga hormonal – hoje a situação é diferente. A civilização moderna não passa mais por perigos agudos, como enfrentar animais ferozes durante uma caça, por exemplo. Mas, como diz o ditado popular, em vez disso, precisamos “matar mais de um leão por dia”. Nem todos são enormes a ponto de parecerem um desafio. Mas, desde uma conversa difícil com o chefe até enfrentar a birra do filho no supermercado, passando por receber um whatsapp malcriado pode desencadear reações de estresse no nosso corpo. São vários os estressores, ainda que em grau muito menor do que antes. Muitos estímulos ao mesmo tempo requerem nossa atenção. As descargas de adrenalina tornam-se constantes. Isso estressa o organismo continuamente e é preciso criar mecanismos para que nosso corpo volte ao patamar “normal”.

Muitas atividades nos ajudam a distrairmo-nos do estresse, a dar uma pausa no cotidiano estressante. A prática de mindfulness ajuda a diminuir o estresse, não apenas ocultá-lo. Não é uma prática paliativa. Ela traz resultados concretos, pois treina o praticante a estar atento ao presente, a focar-se na consciência de um objeto (no caso, a ação de cada um enquanto pai ou mãe). Ao manterem-se presentes, pais e mães conseguem estar 100% focados em seus filhos, algo que pode ser conquistado com práticas como respiração e meditação guiada. Assim, poderão tomar decisões conscientes sobre o que querem ou não para a educação de seus filhos, gerando naturalmente uma harmonia entre o que falam e fazem – e, com essa coerência entre discurso e ação, haverá muito mais efetividade naquilo que desejam que seus filhos aprendam. Mindful parenting é, enfim, treinar para que teoria e prática se alinhem.

Procurando por algo?

ÚLTIMAS POSTAGENS

Gostaria de adotar essa prática em sua escola?
Veja aqui como a MindKids pode te apoiar!