Venha participar do nosso evento.

Evento gratuito!

Blog

Equilibrando a agitação de fim de ano

Meditação pode ajudar a lidar com o estresse típico desta época

 

Dezembro chega e com ele muita correria. Parece mesmo que tudo o que não conseguimos fazer durante o ano inteiro tem de ser feito em apenas 30 dias. Tudo em nome das confraternizações de final de ano, da organização das festas de Natal e Ano Novo. 

Professores parecem ficar ainda mais estressados durante este período. Afinal, para eles, sobram tarefas complexas, como preparo e correção das provas finais, planejamento da recuperação e ansiedade dos alunos do Ensino Médio que estão encerrando um ciclo e buscando sucesso nas provas para entrar na faculdade. 

Por tudo isso, o cotidiano, que muitas vezes já é estafante, parece tornar-se ainda mais corrido. Todos os anos, por mais que se planeje, esse roteiro se repete. Mas, se por um lado parece que não há como fugir dele, ao menos é possível tomar algumas atitudes para que este período seja vivido com um pouco mais de leveza. 

Professores e saúde mental

Isto é importante porque professores são os responsáveis por, além de ensinar, inspirar os alunos. E, para ser essa figura admirável, o primeiro passo é estar bem consigo mesmo, podendo externar o entusiasmo por ensinar e estar em sala de aula. Para inspirar, é preciso estar consciente de não estar levando a vida no piloto automático. 

Mas, infelizmente, nem sempre isso é possível. Em um contexto no qual a saúde mental está prejudicada, não parece haver maneira de levar tudo com leveza. Depois da pandemia, a saúde mental tanto de alunos quanto de professores foi prejudicada e, em muitos casos, ainda não foi restabelecida completamente. Isso afeta as relações, o ambiente escolar e a aprendizagem, que acaba por não ter condições ideais para acontecer. 

Só no estado de São Paulo, durante o primeiro semestre de 2023, 20.173 foram afastados das escolas estaduais por problemas de saúde mental, como crise de pânico, ansiedade e depressão. São 112 professores por dia. O número representa um aumento de 15% em relação ao período anterior

Infelizmente, nem sempre as escolas oferecem o suporte necessário e os professores trabalham sob pressão, com medo de sofrer represálias e até mesmo violência contra si mesmos em alguns casos extremos.  

Como cuidar da saúde mental? 

A Secretaria de Educação do estado informou que existem trilhas formativas voltadas à promoção da saúde mental no ambiente escolar e que 550 psicólogos foram contratados para atuarem na rede estadual, dando suporte a alunos e professores.

Mas, isso não é suficiente. Saúde mental é uma questão muito mais ampla e deve ser tratada a partir de um olhar multidisciplinar. Alimentação adequada, exercícios físicos, tempo para lazer e bem-estar são fundamentais. 

É aqui que a prática de Mindfulness pode ajudar, já que tem como benefícios a diminuição da ansiedade, aumento de foco, de compaixão e a redução da ansiedade. Todos esses são elementos importantes para que o professor consiga treinar sua atenção plena no momento presente. Em sala de aula, isso pode significar criar um espaço entre o tempo do estímulo e a resposta dada – ou seja, ao invés de agir de maneira intempestiva e reativa, agir com mais consciência e clareza a respeito de cada desafio que se impuser. 

Já a compaixão, incluindo a compaixão por si mesmo, é um elemento fundamental na relação aluno-professor, porque muda a maneira como nos relacionamos. Uma abordagem mais amorosa pode ajudar a diminuir a reatividade dos próprios alunos. Quer exemplo melhor para deixar como legado do que construir relações afetuosas e verdadeiras? 

A melhor parte disso é que Mindfulness é uma prática simples (ainda que nem sempre fácil) e que pode ser iniciada a qualquer momento, já que está baseada em prestar atenção plena à própria respiração, ao próprio corpo e até aos seus movimentos. Se quiser tentar, tente começar por esta prática de equilíbrio interior

 

Procurando por algo?

Gostaria de adotar essa prática em sua escola?
Veja aqui como a MindKids pode te apoiar!