fbpx

As férias de meio de ano são um respiro valioso para quem dá aulas. É hora de recarregar as baterias, para, quando reencontrar os alunos, estar mais aberto a acolhê-los, compreendê-los e ajudá-los a se desenvolver intelectualmente e como seres humanos. Há professores que usam este tempo livre para descansar, viajar, conhecer lugares novos, ter ideias e despertar a criatividade, essa característica tão importante para nos incentivar a fazer cada vez melhor algo que fazemos cotidianamente.

Mas você já pensou em usar seu tempo livre para se reenergizar de uma maneira que você nunca fez antes? É isso que propõem as práticas de autocuidado. O autocuidado promove melhora na qualidade de vida e na saúde. Cuidar de si mesmo pode ajudar a diminuir a ansiedade, a estar mais consciente e presente nas experiências diárias e a acalmar-se.

A autocompaixão é outro elemento importante. A prática de mindfulness atrelada ao perdão – inclusive ao perdão a si próprio – é importante para ajudar na prevenção de doenças, infelizmente, cada vez mais comuns entre professores, como o burn out, por exemplo.

Um estudo sobre o tema com professores de escolas de ensino fundamental e médio, feito no Canadá e nos EUA, mostrou que 87% dos professores pesquisados completaram um programa de treinamento em mindfulness e acreditam que foram beneficiados pela prática, em aspectos como melhora da atenção e do foco, capacidade de memória, melhora da autocompaixão e diminuição dos níveis de estresse. As análises mostraram ainda diminuição nos sintomas de ansiedade.

Por isso, separamos algumas dicas para você cuidar de si mesmo e se preparar para o retorno às aulas:

  1. Crie uma rotina de meditação, ainda que sejam poucos minutos por dia https://conteudo.mindkids.net/meditacao3minutos
  2. Exercite o perdão, por meio de práticas de bondade amorosa https://conteudo.mindkids.net/bondade-amorosa
  3. Saiba que a autocompaixão é tão importante quanto a compaixão pelo outro
  4. Relaxe! (https://conteudo.mindkids.net/relaxamento)

O autocuidado a partir das práticas contemplativas, como gratidão, perdão, relaxamento antes de dormir e envio de bons pensamentos beneficia não apenas a você, mas também à sua atuação em sala de aula!