Venha participar do nosso evento.

Evento gratuito!

Blog

Apresentando a meditação para crianças

Muita gente já sabe que a meditação pode ajudar crianças a estarem mais focadas, concentradas e equilibradas. Mas, uma das dúvidas mais comuns que as pessoas têm é sobre como ensinar uma criança a meditar.

De fato, “meditar” parece um conceito abstrato demais para ser apresentado a crianças pequenas. Entretanto, se pensarmos em meditação como “prestar atenção plena a algo”, veremos que isso já é inato do ser humano, de alguma maneira. Basta pensar em um bebê, quando “descobre” suas mãos ou seus pés. Curioso, ele passa um longo tempo entretido, a brincar com seu próprio corpo. A curiosidade pode ser uma chave para despertar o interesse em observar sensações, sentimentos e pensamentos da própria criança.

As crianças podem ter ou não familiaridade com a meditação. Caso os pais já sejam praticantes, para a criança esse será um assunto já conhecido e o “conceito” (permanecer em quietude, concentrado, atento, em certa postura) será algo sabido por ela. Os próprios pais podem apresentar a prática aos pequenos, neste caso.

Se os pais não praticam meditação, o aprendizado em conjunto com os filhos pode ser muito construtivo. Crianças aprendem pelo exemplo e pela imitação. Elas ficarão muito felizes em realizar a mesma atividade que seus pais, vão sentir-se “importantes”. E, como a atenção plena beneficia tanto crianças quanto adultos, toda a família pode ganhar com esse processo.

 

Dois passos para meditar

Caso a criança não esteja familiarizada com a prática da meditação, o primeiro passo para apresentá-la aos pequenos é construir relevância. Em outras palavras, isso significa explicar porque aquela atividade está sendo proposta para ela, que benefícios ela pode trazer, ou “porque fazemos isso”.

Para tornar os benefícios mais concretos e tangíveis para elas, usar exemplos do cotidiano das crianças – algo que repercutiu no universo delas, como um jogador que perdeu um pênalti por estar nervoso – é muito eficaz. Explore com a criança se ela fica nervosa de vez em quando e se ela acha importante saber se acalmar nessas horas. O objetivo desta etapa é enfatizar a importância da calma, concentração e do foco no dia a dia.

Depois disso, explique a elas que, assim como outras coisas da vida, a atenção plena depende de treino. Isso ajuda as crianças a entenderem a razão da necessidade de exercitar-se com frequência. Neste ponto, elas já estarão curiosas para saber como é que se medita.   Conheça algumas práticas de meditação guiada.

Procurando por algo?

ÚLTIMAS POSTAGENS

Gostaria de adotar essa prática em sua escola?
Veja aqui como a MindKids pode te apoiar!