Blog

Mindfulness e Resiliência

Mindfulness e Resiliência

Resiliência é a capacidade de recuperação psicológica dos seres humanos quando são submetidos a adversidades, para suportarem o estresse e superarem catástrofes. A definição é de Christiane Wolf e J. Greg Serpa, autores de A Clinician’s Guide to Teaching Mindfulness: The Comprehensive Session-by-Session Program for Mental Health Professionals and Health Care Providers.Muitas vezes, essas adversidades são situações que parecem simples para algumas pessoas, mas que, para outras são difíceis de superar. Em alguns casos raros, entretanto, esses contratempos podem realmente ser chamados de catástrofes – como é o caso da situação pela qual o mundo passa desde que foi descoberto o novo coronavírus. A palavra é bastante forte, mas infelizmente pode ser uma forma definir a situação. O esforço é coletivo e mundial para tentar deter os efeitos do novo vírus. Quem pode está em casa, em nome de sua própria saúde e da saúde das outras pessoas.

E, por mais que esta situação seja desafiadora, saber que não estamos a sós nesta jornada – ainda que estejamos fisicamente distantes – já oferece um certo conforto mental. Mesmo assim, o cotidiano muda e exige adaptações, as vezes, drásticas. Pais e mães tentando se adaptar ao home office, crianças precisando aprender a aprender em um novo sistema de aulas online, professores se desdobrando para criar meios de passar o conteúdo de maneira efetiva, em um contexto completamente novo.

Apenas criatividade não basta. É preciso resiliência para navegar nesta nova realidade da maneira mais serena possível – um verdadeiro desafio para muitas pessoas. Os autores Wolf e Serpa, inclusive, apontam que resiliência não significa “gostar de desafios”, mas sim saber que todos passamos por momentos difíceis. Ao despersonalizar o problema (porque ele não está acontecendo apenas com você, mas sim com todas as pessoas) torna-se menos doloroso lidar com ele. “Nossa medida de resiliência é quanto e quão rápido voltamos ao nosso estágio inicial” (de antes do problema), apontam.

Sob este aspecto, a prática de mindfulness pode ajudar de maneira muito efetiva, para que percebamos nossa situação de maneira mais compassiva. Assim, podemos ver a situação como uma oportunidade para fortalecer nossos recursos mentais, emocionais e psíquicos.

Por isso, compartilhamos a seguir algumas sugestões para realçar a nossa resiliência em tempos tão desafiadores quanto os que vivemos:

• Neste momento, fica mais claro perceber que a mudança é inevitável e faz parte da vida: a impermanência é um dos aspectos mais importantes que a meditação pode nos ensinar. Se pudermos levar isso para outras áreas da vida, vamos fortalecer nossa resiliência.Aproveite para, na medida do que for possível no momento, cultivar com bondade, a cada oportunidade, uma visão positiva sobre você mesmo

• Aceitar e oferecer ajuda para as pessoas criam laços importantes e ajuda a cultivar conexões que permanecerão para além deste momento.

• A crise pode ser vista como desafio para o crescimento. Esta é uma visão mais suave do que se a enxergarmos como um problema insuperável.

• Que tal manter-se em perspectiva? Mindfulness nos ajuda a nos manter abertos e flexíveis, olhando para um panorama mais amplo, e a perceber que aquele não é um problema particular, mas geral.

• Olhe para você mesmo neste momento, não se esqueça de si! Atenda a seus próprios sentimentos e necessidades: medite, faça atividades físicas, seja autocompassivo.

E não se esqueça: tudo vai passar!

Gostaria de adotar essa prática em sua escola?
Veja aqui como a MindKids pode te apoiar!